Canonização de Irmã Dulce - Primeira Santa Brasileira

Canonização de Irmã Dulce - Primeira Santa Brasileira

Dom, 13 Oct 19 Liturgia

"O papa Francisco fez na manhã deste domingo (13 de otubro)),  de Irmã Dulce a Santa Dulce dos Pobres. Foi a 37ª personalidade brasileira canonizada pela Igreja Católica. Irmã Dulce foi a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa.

50 mil pessoas acompanharam a cerimônia na Praça São Pedro, no Vaticano. Também foram celebrados outros quatro novos santos: um cardeal inglês, uma freira italiana, uma freira indiana e uma catequista suíça.

O papa dedicou a maior parte de sua homilia ao comentário sobre a leitura do evangelho do dia, que narra a cura de dez leprosos, dos quais só um retornou para agradecer a Jesus. No fim, Francisco citou brevemente os novos santos, mas mencionou nominalmente apenas o cardeal Newman e a catequista suíça Marguerite Bays. Ao falar das três religiosas - irmã Dulce, a italiana Giuseppina Vannini e a indiana Maria Teresa Mankidiyan - Francisco afirmou que "Três deles [dos novos santos] são freiras, e nos mostram que a vida religiosa é um caminho de amor nas periferias existenciais do mundo". O tema das "periferias existenciais", que abrangem não apenas as situações de exclusão social, mas também as de miséria espiritual, é um dos preferidos de Francisco.